Flores comestíveis: como usá-las na cozinha

Na nossa cozinha mediterrânica é comum a utilização de ervas aromáticas na preparação dos nossos pratos. Mas e aquelas flores consideradas comestíveis? Obviamente, existem muitas plantas que servem de alimento na gastronomia, mas hoje vamos olhar com atenção aquelas partes da planta que também podemos utilizar na nossa cozinha, as flores.

Salada com flores de amor perfeito.

As flores comestíveis são utilizadas na gastronomia desde tempos imemoriais, desde a borragem até à delicada flor do amor-perfeito, conferindo não só um toque decorativo aos pratos, mas também sabores e aromas únicos. Neste artigo exploraremos algumas variedades de flores comestíveis disponíveis, suas propriedades, seus usos na culinária e algumas receitas criativas para incorporá-las em seus pratos. Descubra como dar um toque de sofisticação e originalidade às suas receitas com flores comestíveis!

O que são flores comestíveis?

Flores comestíveis são aquelas que podem ser consumidas com segurança, sejam elas cruas ou cozidas. Pelas suas características, podem ser utilizados como ingredientes na culinária, não só pelo sabor, mas também pelas qualidades atrativas e decorativas que fazem com que suas cores vivas se destaquem nos pratos.

Nessa linha, a alta gastronomia tem incorporado o uso de flores comestíveis em seus pratos como forma de agregar sabor, aroma e cor às preparações. Algumas das flores comestíveis mais utilizadas na alta gastronomia incluem lavanda, flor de abóbora, amor-perfeito, rosa, girassol, violeta e begônia, embora calêndula, rosa, lavanda, amor-perfeito, capuchinha, borragem, dália, hibisco, lilás e jasmim.

La imagen tiene un atributo ALT vacío; su nombre de archivo es sopa-flores-1.jpeg
Creme de legumes com polvo e flor de borragem

Benefícios das flores comestíveis.

Mas as flores comestíveis não só acrescentam um toque de sabor e cor aos pratos, como também oferecem benefícios à saúde. A razão é que muitas flores comestíveis contêm antioxidantes, vitaminas e minerais que podem ajudar a fortalecer o sistema imunológico e prevenir doenças. Além disso, o simples ato de incluir flores em seus pratos pode elevar a experiência gastronômica e surpreender seus convidados.

Cuidado no uso de flores comestíveis.

Segundo a Agência Catalã de Segurança Alimentar, algumas flores podem ser tóxicas e causar indigestão ou reações alérgicas se consumidas em grandes quantidades; Por isso, é recomendado começar a consumir as flores em pequenas quantidades. Portanto, é recomendado não consumir flores que não possam ser claramente identificadas e comprá-las em estabelecimentos de alimentação, devidamente embaladas e rotuladas.

Ao mesmo tempo, antes de incorporá-los nos nossos pratos, temos que saber manejá-los durante o preparo. Via de regra, o pistilo e os estames devem ser retirados para a extração do pólen, pois pode causar alergias ou desencadear asma. Também é aconselhável retirar o caule e as sépalas devido ao seu sabor amargo. Como qualquer outro vegetal consumido cru, deve-se lavá-los bem com água antes de consumi-los.

Flores comestíveis que podemos usar na cozinha.

A seguir veremos uma seleção de flores que podemos encontrar facilmente e como apresentá-las em nossos pratos.

Jasmim

O Jasmim é uma planta trepadeira e possui aroma intenso e doce, com flores brancas ou amarelas. É cultivada em todo o mundo, principalmente como planta ornamental e para produção de perfumes. As pétalas de jasmim são frequentemente usadas em óleos essenciais e cosméticos, e no conhecido chá verde de jasmim.

Porém, também o encontramos na cozinha, no arroz ou na massa, ou para dar aroma a cremes, queijos, saladas ou carnes. E nas sobremesas costuma ser utilizado como condimento para sorvetes, sorvetes ou chocolates.

Calêndula

Você o reconhecerá por suas pétalas coloridas que variam do amarelo intenso ao vermelho. São muito utilizadas para a produção de cosméticos e medicamentos, pois a calêndula possui propriedades antiinflamatórias, anti-sépticas e calmantes.

Mas tanto as folhas como as flores são comestíveis e podemos encontrá-las, por exemplo, em risotos.
Os brotos também podem ser adicionados em saladas, enquanto as pétalas frescas são perfeitas para dar sabor a peixes ou colorir omeletes.

Lavanda

A lavanda é muito utilizada na fitoterapia para fazer óleos essenciais, infusões e cremes para a pele, graças às suas propriedades relaxantes e calmantes. Mas, por ser uma flor comestível, também é frequentemente utilizada, fresca ou seca, como condimento.

Um exemplo da utilização da lavanda é como complemento de outras ervas como o alecrim, o tomilho ou a sálvia, nas nossas receitas de pastelaria. Também em saladas ou outros tipos de pratos graças ao seu sabor floral. Embora seu maior uso seja em receitas doces, como o encontramos em bolos, biscoitos ou muffins. E não esqueçamos do seu uso em compotas e mel!

Pensamento

Embora seja usado externamente para tratar doenças menores da pele, como caspa, crosta láctea e acne, também é muito popular em cozinhas de restaurantes e bares de coquetéis.

A flor do amor-perfeito pode ser consumida diretamente, usada como guarnição de pratos e para decorar bebidas especiais. Esta flor vai dar cor às suas criações culinárias e é adequada para acompanhar pratos salgados e doces. Utilize-os como guarnição, em saladas de frutas, saladas verdes, sobremesas ou em cremes frios. São perfeitos para cobertura, pois cristalizam lindamente com açúcar, ideais para decorar pastéis.

Borragem

A borragem é conhecida por suas flores azuis, frequentemente utilizadas como enfeites em jardins. Também é rico em ácido gama-linolênico (GLA), um ácido graxo essencial que demonstrou ter propriedades antiinflamatórias e apoiar a saúde do coração e do cérebro.

Mas suas folhas e sementes também são comestíveis e são utilizadas na culinária como ingredientes de saladas, sopas e outros pratos.

Rosa

Os romanos já os utilizavam nos seus pratos, mas a sua utilização nas refeições foi-se perdendo gradualmente. Eles são fonte de vitaminas e antioxidantes.

Com rosas podemos fazer muitos pratos e bebidas. Por exemplo, sorvete de pétalas de rosa, infundindo as pétalas e adicionando um pouco de açúcar. Também uma salada com pétalas de rosa. E, claro, sobremesas como compotas, chocolates e bolos.

Por fim, sugerimos algumas opções para decorar e saborear suas receitas com flores comestíveis:

Saladas: Adicione flores comestíveis como malmequeres, capuchinhas ou violetas às suas saladas para dar-lhes um toque de cor e sabor.

Bebidas: Decore suas bebidas, como chás, águas aromatizadas ou coquetéis, com flores comestíveis como lavanda ou hibisco.

Sobremesas: Utilize flores como rosas ou amores-perfeitos nas suas sobremesas, como cupcakes, bolos ou gelados, para lhes dar um toque elegante.

Pratos principais: Adicione flores comestíveis como borragem ou centáurea aos pratos principais, como massas, risotos ou carnes, para dar-lhes um toque especial.

Infusões: Prepare infusões com flores comestíveis como camomila, flor de jasmim ou rosa damascena para desfrutar de suas propriedades e sabor.


Depois da leitura, você vai começar a introduzir flores comestíveis em suas receitas? Ou você já tem experiência em usá-lo? Esperamos seus comentários e sugestões!

Tienda GermiGarden

Tu lugar para comprar plantas, semillas, bulbos y productos para el mundo vegetal. Una oferta integral para tu terraza, huerto o jardín.

GermiBox

Tu caja sorpresa de plantas y accesorios de jardinería

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

GermiBox

Tu caja sorpresa de plantas y accesorios de jardinería

Como proteger as plantas do frio com manta térmica

No final do inverno, quando os primeiros brotos já começam a aparecer, ocorrem muitos danos causados ​​​​pela geada. É...

Plantas de interior para pendurar

As plantas de interior são a solução perfeita para decorar a nossa casa. Na infinidade de variedades que existem de...

Estas são as primeiras plantas que pode plantar na primavera

Estamos a chegar ao início da primavera, a época mais bonita do mundo das plantas, porque muitas das plantas florescem...

Cravos: como cuidar deles, significado e variedades

O cravo é uma planta que faz uma bela flor. De fato, no nome científico do género dos cravos, Dianthus, significa...

Como semear o relvado corretamente

Sembrar césped cuando eres un jardinero amateur puede parecer complicado, básicamente porque a veces nos falta...

Por que as sementes são melhores que o sementeiros?

Ao plantar no jardim, geralmente os mais experientes plantam as suas próprias sementes e depois plantam os blocos dos...

Sementes para repelir insetos e atrativos benéficos de insetos

Você já parou para pensar por que existem algumas plantas repelentes de insetos e outras plantas que atraem insetos...

Cactos: as nossas espécies favoritas de cactos

Como dissemos no artigo sobre cuidados com cactos e suculentas, os cactos são uma família muito grande no grupo de...

Produtos essenciais para o cultivo de tomate

Neste artigo explicaremos os produtos necessários para o cultivo do tomate. Forneceremos uma lista de produtos como...

Como remover vespas do meu jardim?

Quando chega o verão, vespas e outros insetos, como mosquitos e moscas, são muito irritantes. Se tem uma piscina em...

Tienda GermiGarden

Tu lugar para comprar plantas, semillas, bulbos y productos para el mundo vegetal. Una oferta integral para tu terraza, huerto o jardín.

Tipos de sementes de feijões e alubias

Tipos de sementes de feijões e alubias

Que tipos de feijões e alubias existem? Dentro deste grande grupo de leguminosas, podem-se distinguir dois tipos diferenciados: os feijões verdes ou vagens e as alubias. Feijões Verdes Os feijões verdes são os frutos da planta leguminosa Phaseolus vulgaris. São as...

Plantas que nunca saem de moda

Plantas que nunca saem de moda

A presença de plantas nas residências tem sido um elemento constante ao longo da história, proporcionando benefícios estéticos e ambientais. Da purificação do ar à criação de ambientes relaxantes. Da mesma forma, a influência das plantas de interior na decoração de...

Tipos de sementes de feijões e alubias

Tipos de sementes de feijões e alubias

Que tipos de feijões e alubias existem? Dentro deste grande grupo de leguminosas, podem-se distinguir dois tipos diferenciados: os feijões verdes ou vagens e as alubias. Feijões Verdes Os feijões verdes são os frutos da planta leguminosa Phaseolus vulgaris. São as vagens tenras dos feijões e podem...

Plantas que nunca saem de moda

Plantas que nunca saem de moda

A presença de plantas nas residências tem sido um elemento constante ao longo da história, proporcionando benefícios estéticos e ambientais. Da purificação do ar à criação de ambientes relaxantes. Da mesma forma, a influência das plantas de interior na decoração de interiores tem evoluído...

Oliveiras de última geração.

Oliveiras de última geração.

No blog de hoje contaremos os benefícios de plantar oliveiras em sebe. Se está a pensar plantar olivais, seja você um grande consumidor, um indivíduo ou um pequeno aquarista que cultiva pomares ou jardins familiares, este é o seu produto estrela. Apresentamos a seguir as oliveiras de última...